(BLOG) Tipos de Cuckold: Descubra Em Qual Você Se Identifica.

Olá delicinhas da Kriss, assunto do blog de hoje será sobre qual tipo de cuckold você se identifica.

Corno Fantasma – é o corno que, por vergonha, orgulho, por opção ou não gosta de participar. Prefere ficar em casa ou no carro à espera da mulher. Gosta também de assistir à distância através de câmeras ou escondido. Este é o corno que espreita pela porta do quarto, que se esconde dentro do armário ou por baixo da cama. Muitos maridos cuckold começaram como Fantasmas e com o tempo evoluem naturalmente para outros níveis.

Corno Voyeur – É o marido que gosta de ver, mas sem participar. Geralmente fica sentado em um canto do quarto batendo punheta enquanto assiste a sua dona sendo fudida pelo macho.

O Corno Carinhoso – Esse cuckold é um derivado do corno voyeur, mas ao contrário do voyeur, o corno carinhoso mantém o contato físico com a sua Dona enquanto ela é fudida pelo macho.

Corno Ajudante – Sempre atento e disponível, o ajudante gosta de segurar as pernas da esposa enquanto o macho fode ela, gosta de abrir sua bunda para facilitar a penetração ou segura-lhe o cabelo para não atrapalhar o sexo oral. Ajudante coloca a camisinha no pau do macho e guia ele até a buceta ou cu da sua Dona.

Corno Lambedor – O corno Lambedor assume sempre uma postura submissa, gosta de se posicionar por baixo da sua Dona para lamber o clitoris enquanto o macho a penetra. Beijar os pés, chupando dedo a dedo, beija-a na boca depois dela chupar e se lambuzar no pau do macho, ou chupando o cu da sua dona quando a buceta está ocupada pelo pau do macho. A sua missão passa também por deixar os orificios lubrificados e preparados para o macho.

Corno Comilão – é aquele corno que ama limpar a sua esposa, quando o macho goza na buceta, peitos ou qualquer outra parte do corpo da sua Dona, o corno Comilão cai de boca para limpar tudo. Muitas vezes nem o pau do macho escapa.

Corno Parceiro – O Corno participa com a sua dona, dando prazer ao macho. É a segunda mulher da relação, dividindo as experiências com a sua dona. Este tipo de cuckold gosta de ser penetrado pela esposa com um pau de borracha ou até mesmo o pau do macho e de fazer sexo oral no macho junto com a sua esposa. Sempre submisso a sua dona e ao macho dela, amando ser sempre humilhado por ambos.

Corno Doméstico – Geralmente de joelhos ao lado da esposa, com roupa feminina, coleira e um cinto de castidade. O doméstico, além de voyeur tem várias obrigações nomeadamente, servir bebidas, limpar a dona e o macho, usar a cabeça como cinzeiro, a boca para guardar os preservativos usados ou as cuecas do macho e outras tarefas dentro da mesma linha. O corno doméstico pode ou não ter contato físico dependendo das ordens recebidas. A sua obrigação é estar permanentemente disponível e obedecer às ordens da sua dona.

Corno Fotógrafo – Sempre munido de uma máquina fotográfica ou celular. A sua intenção é sempre tirar a melhor fotografia ou fazer o melhor vídeo da sua dona com o seu macho. O seu prazer consiste em guardar aquele material para sempre assistir ou gosta de publicar o conteúdo na internet para vê os comentários dos homens sobre a sua dona.

Corno Fantástico – É a junção de todos os tipos de corno em um só, onde a sua única intenção é proporcionar o máximo de prazer e satisfação para a sua dona, pois o prazer dela é o seu prazer.

Meu Corninho é um Corno Fantástico, sempre obediente e submisso a mim, o prazer dele é o meu prazer, felicidade e satisfação.

Deixa ai nos comentários qual tipo de corno você se identifica e caso você saiba de algum que não esteja aqui, só deixar nos comentários.

12 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Acredito ser o corno fantástico, tento agradar minha rainha em todos os aspectos. Em qual destes você diria que o Fagner se enquadra? Parabéns ao casal!

  • Existe um tipo de corno, pouco comum, mas que existe e nao foi falado aqui: O CORNO MACHO. E o cara cujo tesao esta totalmemte fixado na esposa safada. Ele se sente orgulhoso da mulher.gostosa que tem. No imaginario dele, sua esposa e A MULHER entre as mulheres e seduz o homem que ela quiser, nenhum homem resiste a ela, porem ele e tao bom, tao bom que a mulher volta sempre pra ele. O dezejo maior esta no fato da esposa ser uma vadia, a cornitude fica em segundo plano..ele aceita ser corno e acaba sentindo tesao com isso porque a cornitude faz da mulher dele ainda mais puta. Ele pode ate gostar de.ser chamado de.corno ou corninho pela esposa e sentir tesao em leves humilhações…mas de submisso ele nao tem nada…e muito ativo, e macho, e dominante..vai querer sempre fuder a esposa ( e tambem outras muitas das vezes…rsrsrs) e nao topa homosexualismo DE JEITO NENHUM. É um tipo de corno plenamente heterosexual e nao sente nenhum tesao por outros homens…e jamais sera submisso ao ” amante” da mulher e jamais admitira ser chamado de corno pelo amante da mulher..( se nao porrada come), so a sua rainha podera fazer isso com ele. Ama muito a mulher e apesar de geral.ente ser mulherengo e capaz de se manter.fiel a esposa se essa for muito habil. Eu sou esse tipo de corno. O CORNO MACHO. Porém, do que eu gosto mais mesmo e de ser comedor. Digamos que sou 85% COMEDOR e 15 % CORNO MACHO.

    • Aqui quem escreve é o Corno, devo discordar plenamente em tudo que citou, pois em TODOS os lugares que li e TODAS as pessoas que conversei do meio, não se enquadram nesse tipo de pensamento, que ao meu entender e o da Kriss esse “tipo de corno” que você descreveu nada mais é do que um CORNO MACHISTA e cheios de julgamentos onde não se permite viver o fetiche do cuckold por completo, isso sim seria a definição dele.
      O que você pode sentir é o fetiche da sua esposa ser desejada por outros, mas falar que você é corno, você não é, pois como você mesmo disse, que é mais comedor do que corno.

      • Sim sou mais comedor mesmo, isso e verdade.mesmo. mas nao vejo machismo e nem preconceito no que falei. Existem inumeros tipos de cornos. Eu respeito a todos, o tal ” corno macho” existe sim. E uma minoria, bem minoria, mas existem, ja os vi. Inclusive existe corno dominador que e mais raro ainda, mas existe., conheci alguns. Creio que todos merecem ser aceitos. Vc acaba usando as mesmas armas dos machistas, não respeitando as minorias e criando assim uma ” regra” .O cara. Pode ter desejos de corno e nao seguir o que muitos seguem como ficar no cinto ou beber porra na buceta da esposa. O cara pode gostar de ser corno mas nao querer fazer isso. Normal, nao vejo nada demais.
        Realmente, no meu caso em particular posso ter exagerado em dizer que tenho um lado corno, pois a minha essencia de.comedor e.muito acentuada. Mas muitos comedores tambem sentem prazer em.serem cornos, isso e fato.
        Um abraço.

        • Entendo perfeitamente sua colocação, colega. No meu caso, sempre fui comedor, já saí com algumas casadas, sempre gostei de aventura. Me casei , e fiquei sossegado, mas passei a fantasiar minha esposa com outro, quero vê-la sentido o máximo de prazer, até me submeteria a algo mais humilhante apenas para satisfaze-la. Mas ainda meu instinto comedor não acabou, como se fosse uma competição para dar prazer a minha amada, e além do mais tenho desejo por outras mulheres, mas apenas não cometo infidelidade. É algo bem complexo, não existe uma regra em relação ao termo cuckold. Já vi alguns blogs que o dono adorava ver a esposa sentindo prazer com vários mas não admitia de jeito nenhum ser chamado de corno, e o comedor eles usavam o termo convidado, é uma regra que eles estabeleceram e deve ser respeitado.

          • Exatamente. Muito bom.o seu comentário. A coisa e muito complexa e existem varios tipos de corno. A maioria e de fato, composta por homens com tendência mais ou menos forte a submissão, isso e notório, mas não é regra geral, não serve para todos.
            Esse e um universo realmente amplo demais.
            Valeu, um abraço.

      • Fagner adoro o seu conteúdo junto com a Kriss. Mas sou obrigado a concordar com o amigo abaixo em algumas coisas. Esse fetiche de cuckold é muito amplo e sempre quando lemos na internet, se coloca por exemplo, a questao da humilhação. Em meu caso por exemplo, eu gosto de ir com a minha esposa na casa de Swing e libera-la para alguns caras (ok sou Voyer) e também gosto quando ela sai com os 3 amantes fixos dela (sem a minha presença), ok Corno fantasma. Mas em nossa relação não ha a humilhação, ela não me chama de corno, nem fica falando que sou brocha ou pau pequeno. Muito pelo contrário, ela ama saber que eu adoro exibi-la. Somos exbicionistas e tudo… Em resumo, o que quero dizer é que eu creio que meu tipo de corno nao se enquadra em nenhum desses apresentados… Quando leio esses tipos de corno, eu sinto que nao sou nenhum desses, mas mesmo.assim sou corno kkkk eh bizarro, mas eh justamente por acho que não podemos rotular e fechar em 5 tipos e que se vc nao for nenhum desses, não é corno de verdade!

  • O que mais me identifiquei foi com o corno fantástico, afinal é um complemento do corno voyeur, do corno fotógrafo e do corno carinhoso.

  • Com certeza estou na categoria de corno fantástico. Gosto que ela faça o que quer na hora de ser comida, sempre estou junto, porque depois também meto a pica nela e, se ela deixasse, tiraria muitas fotos dela sendo comida .

    Sem contar, também, que adoro ser corno. Morro de tesão em vê-la sendo comida, geralmente de quatro, enquanto fica chupando minha pica.